11 de ago de 2012

Nunca gostei muito de vôlei. Alguns de vocês provavelmente já me ouviram questionar a viabilidade de um esporte sem contato físico que não envolva raquetes.

Pois bem, hoje eu estou aqui para dizer que vôlei também pode ser um esporte interessante. Muito por causa da heróica medalha de ouro conquistada hoje pelo Brasil.

Aquilo foi surreal. Um time chega completamente desacreditado, estréia com derrota, leva uma surra no primeiro set e ressurge de maneira triunfal sobre o adversário, que era o favorito. Surreal.

Confesso - falando bem baixo e olhando desconfiado para os lados - que cheguei a ficar com o coração na boca no último set. Só relaxei quando o Brasil fez o último ponto e a vitória estava sacramentada.

Para minha surpresa, eu estava comemorando. Elas mereceram demais. Pelo esforço, pela dedicação, pela coragem, pela superação e por mais meio Aurélio de qualidades que não citarei por preguiça.

Essa medalha de ouro é do tamanho do mundo. E elas estão de parabéns pela conquista.